Visitando os avós

Hello galerinha, hoje estava dando uma olhada em algumas fotos no meu Instagram pessoal e me deparei com algumas fotos de uma viagem que fiz a uns dois anos para casa dos meus avós maternos.

E não tem nada melhor do que casa e amor dos avós e por isso decidir compartilhar um pouco de como foi essa viagem para  uma cidadezinha no meio do nada entre o Ceará e o Piaí, com um nome bem peculiar Cachoeira Grande, mas se algum dia existiu essa tal de cachoeira secou que virou pó, pois acredito que lá é o lugar mais quente dessa Terra.

As lembranças dessa viagem ficaram ainda mais especial  essa semana ao descobrir que meu vozinho esta doente, então, quero compartilhar esses momentos tão inesquecíveis com vocês.

19436856_661799097347337_9075458525731225600_n

O cartão postal da cidade a Igreja de Pedra. Fica no centro da ‘cidade’

 

19425508_1709423536030387_3844431935388516352_n

Um dos grandes problemas é a seca

19764335_1976033235958660_6731258516511653888_n

Meu primo e companheiro de aventuras

19535030_1560221974053128_3977517046152822784_n

A paisagem só lembrava o sofrimento do povo com a seca

19761430_1578215965523375_6489452867064168448_n

Árvore em frente a casa do meus avós

19122233_332964707124030_962863098610319360_n

A casa deles simples, mas tão aconchegante

19984825_132439374007686_607123966938578944_n

E não podia faltar uma foto com eles

19932535_101589957146147_6033805486053130240_n

Antes de voltar para casa começou a chover e vi o sertão se mostrar com vida

E vocês galerinha aonde os avós de vocês moram?

Anúncios

Precisamos falar sobre amor

Porque tanta violência? Tanta indiferença para a dor e o sofrimento alheio? Hoje o que mais vemos é morte, dor, destruição, impunidade e indiferença. Indiferença creio que seja um dos piores males, pois deixamos de olhar para o outro e sua dor e só olhamos para nós mesmos, não digo que devemos nos deixar de lado e só olhar o vizinho e se importar com ele, mas que exista um meio termo.

Que nós possamos cuidar de nós e também ajudar e se compadecer. Não foi o  próprio Jesus que disse “amai-vos uns aos outros”, será que ele foi por saber como seriam nossos dias que ele nos mandou, sim de forma imperativa, amar aos outros como nós nos amamos, mostrando que não devemos nos anular ao amar o outro, mas fazer os dois de forma correta e balanceada

Beijocas,